quarta-feira, dezembro 13, 2006

-- PRIMEIRO DIA EM BUENOS AIRES --

Apos uma boa noite de sono acordamos frescos e com um dia lindo de sol. Pelas 7h00 da manha o termometro ja batia nos 28 graus. Na foto mais abaixo podem ver o momento do pequeno almoco de familia. A Tatiana, a Sandra, o Ronny e o Phillipe que chegou aqui a Dakar Motos de madrugada porque o voo de Madrid atrasou e ainda fez escala em Fortaleza, no Brasil. Quase ficou a dormir na rua porque ninguem lhe abria a porta, pois estavamos exaustos demais para perceber que o telefone a tocar e o bater na porta poderia ser ele. Na segunda foto mostro um pouco das instalacoes da Dakar Motos o famoso Hotel/Oficina. Conhecemos hoje uma Austriaca que esta a viajar pela America do Sul a 2 anos e meio numa Royal Enfield que foi vendida a uns Argentinos que coleccionam motas classicas. Esta Norton era de um deles, um modelo muito parecido com a da Che Guevara e Alberto Granado. A proposito deste assunto soube à pouco que o Javier é amigo e vizinho do proprietario da mota que foi utilizada nas filmagens do filme, quero ver se consigo um encontro com ele!! Era demais!!

Depois do almoço estive a tentar contactar com o despachante aqui em Buenos Aires a saber se o barco que transporta o contentor com as motas ja tinha chegado. Ninguem sabia de nada!! Falei para a ABREU CARGA em Portugal que me informou que o barco deveria chegar somente na proxima 5 feira. Assim com esta informacao nao nos restava mais nada para fazer senao esperar por esse dia. Apanhamos o comboio e fomos conhecer o centro da cidade de Buenos Aires. Ao fim do dia quando regressamos tivemos uma surpresa, a empresa transportadora tinha ligado para a Sandra da Dakar Motos, a informar que o barco ja teria chegado na passada madrugada e que o processo de recolher as motas poderia ser iniciado amanha. Por isso amanha esperanos um dia de grande ansiedade. O Ronney demorou 3 dias para conseguir retirar a moto dele da alfandega. Amanha conto como foi, ou como esta a ser...

Nao se esqueçam de que podem ver o resto das fotografias em www.rotacheguevara.smugmug.com


Nesta foto

2 Comments:

Blogger Jorge said...

"Um estranho no meu blog? Donde diabo apareceu ele? Como se veio meter em águas privadas? Como se atreve a tanto?" Não é isso, Nuno, que está a pensar?

Foi o Francisco, de quem sou colega de trabalho e Amigo, que me deu a conhecer a sua aventura - a literal e a cultural, a dos grandes espaços a chamar por si e a do sentir humanitário, a do prazer de planar por novos mundos e a do conhecimento de Outros como nós, de Outros que nos enriquecem pela partilha da sua cultura e das suas vidas.

Sabe, Nuno? Se calhar, daria um dedo da minha mão direita para estar no seu lugar. Porque, desde puto, cultivo uma paixão pela liberdade, pela aventura a céu aberto, pelo conhecimento dos povos que connosco partilham este planeta. Aliás, já prometi a mim mesmo que, se um dia ganhasse o Euromilhões, ofereceria a mim mesmo um belo presente: uma viagem de cinco anos em redor do Mundo. Promessa vã, contudo... Porque sou prisioneiro de um corpo que nunca me obedeceu completamente e que, cada dia, me é mais rebelde e estranho, como se esta alma que em mim palpita não lhe pertencesse. Porque sou deficiente motor (paralísia cerebral) e nunca fui verdadeiramente dono do meu destino, revejo-me em si e no seu sonho. Que o (nos) deixe acompanhá-lo, mrsmo que à distância de um blog, é um privilégio que muito me (nos) honra!

Um grande abraço da Lusitânia para as pampas argentinas!

Jorge Vargas

4:05 da tarde  
Blogger Mancholas said...

Mas que grande loucura, poder estar a acompanhar a vossa aventura. É como se estivesse ai com vocês. Estou para ver como vai ser amanha com a chegada das motas. Quantos dia é que vão ficar ai em Buenos Aires?

10:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


Website Counter